Terça, 25 de junho de 2019
Mato Grosso do Sul - (67) 99257-6730
Educação

04/04/2019 às 09h24

853

Redacao

Ponta Porã / MS

Projeto de extensão da UEMS debate inclusão social e educacional
O projeto envolve nas discussões a comunidade acadêmica e a comunidade externa
Projeto de extensão da UEMS debate inclusão social e educacional
Eliza Cesco, Celi Correa Neres, Rita De Cassia Fuentes e Rosana Pulga de Moraes Martinez

O Projeto de Extensão ‘Inclusão na Tela’, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) reuniu no início desta semana representantes de organizações de apoio a pessoas com deficiência na Unidade de Campo Grande. Com a exibição do filme “Intocáveis”, os presentes participaram da discussão sobre inclusão social e educacional de pessoas com deficiência, altas habilidades e superdotação.


Para Rosana Pulga de Moraes Martinez, presidente da Associação de Doenças Neuromusculares (ADONE), o projeto é importante porque ele “abre o olhar da comunidade acadêmica, que são os futuros profissionais de diversas áreas, que vão lidar com o segmento da pessoa com deficiência”. Já a presidente da Comissão de Pessoas com Deficiência e da Acessibilidade da OAB Mato Grosso Do Sul, Rita De Cassia Fuentes, o projeto garante às pessoas com deficiência o acesso ao cinema. “O projeto é um incentivo à cultura para que as pessoas com deficiência possam esse acesso, que já foi legalizado em lei. A iniciativa demonstra a conscientização para uma sociedade inclusiva para que possamos estar juntos com todos”, disse Rita.


A coordenadora do projeto, professora doutora Celi Correa Neres (UEMS), conta que o projeto está sendo planejado há um ano, com o objetivo de envolver a comunidade acadêmica e a comunidade externa para “discutir temas que pudesse amparar discussões e reflexões sobre a inclusão sobre pessoas com deficiência, altas habilidades e superdotação, que são o público alvo da Educação Especial. Com a exposição desses filmes, o intuito é de provocar esse debate, essa reflexão e sobre a inclusão social e educacional do público alvo”, afirma.


As exibições filmes contam com exposição de legendas e participação de intérprete de Libras para surdos e a audiodescrição para pessoas cegas. O projeto ‘Inclusão em Tel’a terá quatro sessões seguidas de um debate sobre a temática. O projeto é organizado pelo Laboratório de Acessibilidade da UEMS/CG, com o professor Ronaldo Moisés e o professor José Aparecido e tem como parceria a ADONE, OAB, Fundação de Cultura, CAP-DV/MS e do CAS.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium