Segunda, 11 de novembro de 2019
Mato Grosso do Sul - (67) 99257-6730
Geral

17/10/2019 às 10h17

3.721

Redacao

Ponta Porã / MS

Presidente do PSL de Ponta Porã chama papa de comunista e diz que “tem que apanhar mesmo”
Raquel Portiolli postou imagem do Papa Francisco sendo chicoteado por Cristo e escreveu a frase: “Papa comunista tem que apanhar mesmo”
Presidente do PSL de Ponta Porã chama papa de comunista e diz que “tem que apanhar mesmo”

*Edilson José Alves


A presidente do PSL e tida como pré-candidata a prefeita de Ponta Porã, Raquel Portiolli, postou no último dia 7 de outubro no Facebook, imagem do Papa Francisco recebendo chicotadas acompanhada de mensagem supostamente de Jesus Cristo dizendo “Não foi assim que te ensinei”. Acima da mensagem já havia escrito “Papa comunista tem que apanhar mesmo”. A postagem gerou grande revolta da comunidade católica, alguns disseram que estavam estarrecidos com tamanha agressão.


Raquel Portiolli foi candidata, mas não conseguiu ser eleita deputada estadual nas últimas eleições. Ela defendeu e continua sendo defensora na região da política do presidente Jair Bolsonaro; da senadora eleita Soraya Thronicke; e deputado federal Loester Trutis. Na soma geral de 2018 ela obteve 7.389 votos, sendo a maioria fora do município de Ponta Porã onde tem domicílio eleitoral. Apesar de a votação não ter sido expressiva no âmbito municipal, ela tem sido colocada como o grande nome do PSL para disputar a Prefeitura nas eleições municipais de 2020.


Nas redes sociais ela faz constantemente postagens defendendo ações do governo e criticando de forma veemente os que pensam o contrário. Recentemente postou fotos em Brasília com o presidente Jair Bolsonaro, com o ministro Paulo Guedes; ministra Damares Alves, senadora Soraya Thronicke; deputado federal Loester Trutis; índia Silvia Waiãpi, entre outras.


Com a postagem do Papa Francisco sendo chicoteando e sendo chamado de comunista, as reações em Ponta Porã foram imediatas, principalmente da comunidade católica. Cesar Mattoso escreveu que considerou falta de respeito da presidente do PSL. “Acredito que ela perdeu com essa liberdade, deveria pensar antes de publicar”, disse. Giovani Corbari, por sua vez, aconselhou: “não caminhe por esse lado de atacar a nossa religião. Existem outros meios de fazer política”. Rúbia Quintiliano escreveu: “Acorda querida que a onda já passou!”. Maria Aparecida Velloso questionou “como pode um ser humano postar um absurdo desses”.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium