Segunda, 22 de julho de 2019
Mato Grosso do Sul - (67) 99257-6730
Cidades

10/07/2019 às 08h53

949

Redacao

Ponta Porã / MS

Projeto da UEMS vai levar atendimento jurídico para Aldeia Jaguapiru
UEMS leva atendimento jurídico para comunidade indígena de Dourados
Projeto da UEMS vai levar atendimento jurídico para Aldeia Jaguapiru
UEMS leva atendimento jurídico para comunidade indígena de Dourados

Lideranças da Aldeia Jaguapiru, localizada em Dourados, se reuniram com o vice-reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Laércio Alves de Carvalho, representantes do Programa “Rede de Saberes” e com os Pró-reitores de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, Márcia Alvarenga, e de Ensino, João Mianutti, para discutir a elaboração de um Projeto Piloto para prestar Atendimento Jurídico na comunidade indígena. A ideia é oferecer serviços feitos por acadêmicos e professores para suprir as demandas dos moradores da Aldeia Jaguapiru.


“Como líder da comunidade, a gente vê as dificuldades do nosso povo. Eles têm uma dificuldade muito grande para ir atrás de uma ajuda jurídica, as vezes não tem como ir por conta do transporte e muitos não entendem as informações passadas.  Um atendimento dentro da Aldeia facilitaria muito, pois nós vamos estar junto com eles ajudando”, explica o Cacique da Aldeia Jaguapiru, Izael Morales. A reunião foi solicitada pelas lideranças da Aldeia Jaguapiru com apoio dos alunos indígenas da UEMS/Dourados.


A partir desta reunião, será elaborado o projeto piloto com uma proposta de atendimento jurídico na Aldeia explica o vice-reitor, “Nesse momento faremos esse projeto em forma de extensão para que a gente possa entender a demanda. Para que depois a gente possa avaliar a possibilidade de expansão em outras aldeias, em outras comunidades, não só em Dourados, mas também onde tem outros cursos de Direito como em Naviraí e Paranaíba. É um projeto de grande impacto social”.


O projeto piloto será uma ação de extensão construída com a participação do Curso de Direito por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, com apoio do Programa Rede de Saberes e das lideranças da comunidade indígenas.


“ Com apoio de todos os envolvidos vamos desenvolver a proposta desse projeto para saber onde será o local desses atendimentos, que dia da semana e horário são mais adequados. E também, qual é a real demanda da comunidade indígena”, reforça a Pró-reitora Márcia Alvaranga. A próxima reunião está marcada para agosto e a expectativa é que até lá o projeto já tenho um esboço.


O Curso de Direito da UEMS/Dourados já oferece atendimentos gratuitos para comunidade em geral por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, que fica localizado no centro de Dourados.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium