Quarta, 20 de Outubro de 2021
Mato Grosso do Sul (67) 99257-6730
Geral DESENVOLVIMENTO

Em encontro do Sebrae, Eduardo Riedel destaca modernização da gestão pública em MS

A palestra aconteceu durante o Encontro de Prefeitos e Secretários de Desenvolvimento do Programa Cidade Empreendedora

05/10/2021 08h32
153
Por: Redacao
Em encontro do Sebrae, Eduardo Riedel destaca modernização da gestão pública em MS
Em encontro do Sebrae, Eduardo Riedel destaca modernização da gestão pública em MS

A modernização da gestão pública de Mato Grosso do Sul, que se tornou um dos estados mais viáveis e competitivos do país, se deve a liderança e visão estratégica do governador Reinaldo Azambuja, afirmou o secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel, em palestra durante o Encontro de Prefeitos e Secretários de Desenvolvimento do Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae, segunda-feira (04). Realizado em Bonito, o evento reúne gestores de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso.

“Assumimos em 2015 um Estado com serviços precários, um orçamento comprometido e em meio a uma crise política e econômica, sem falar do alto índice de desemprego. Era preciso promover grandes mudanças, inclusive de atitudes, para tornar Mato Grosso do Sul um Estado transformar e competitivo para a sua gente. A capacidade de liderança de Reinaldo Azambuja foi fundamental nesse processo e essa transformação aconteceu”, disse ele.

Convidado a falar sobre os desafios e experiências como secretário de Governo e Gestão Estratégica (Segov), cargo que ocupou até fevereiro deste ano, e os cenários positivos alcançados em sete anos de governo, Riedel fez uma apresentação otimista de longo prazo para Mato Grosso do Sul, hoje um dos estados com os melhores indicativos sociais, econômicos e ambientais do país, com um novo modelo gestão por ciclo de governança hoje consolidado.

Gestão por contratos

Para chegar às mudanças de patamares, no entanto, o secretário citou que foi necessário tomar decisões profundas e impopulares, com as reformas da administração, previdência e fiscal e um novo limites de teto de gastos, proposta esta que implicou em redução de duodécimos em ampla discussão com os demais poderes. “Em 2015 tínhamos um estado sem solução, diante de uma crise nacional profunda, mas fomos para o enfrentamento”, apontou.

Riedel falou da implementação de diretrizes de governança, como o modelo de contratos de gestão onde as metas a cumprir por cada secretaria são acompanhadas sistematicamente e de forma objetiva pela Segov e pelo governador Reinaldo Azambuja. “É um sistema hoje informatizado e crescente, onde estabelecemos um diálogo com os municípios e chegamos ao fim do ano com soluções palpáveis em relação ao que se propôs”, comentou.

O secretário também citou as estratégias para alavancar o desenvolvimento regional, investindo em infraestrutura urbana e de logística, criando programas de incentivos fiscais para atrair capital privado e desburocratizando a máquina administrativa com a implantação de mais de 80 aplicativos digitais de serviços públicos. O equilíbrio financeiro, segundo ele, foi primordial para recuperar a capacidade de investimento e gerar confiança no empresariado.

Ambiente de confiança

“Geramos um ambiente favorável de negócios, com garantias fiscais, e hoje o estado investe 350 reais por habitante por ano e paga os salários dos servidores em dia. Somos a unidade federativa com a melhor segurança pública, e melhoramos a saúde, com a regionalização e construção de novos hospitais, e recuperamos indicativos positivos na educação com as escolas em período integral”, explanou.

Durante o painel apresentado, Eduardo Riedel mostrou que, em sete anos, Mato Grosso do Sul tornou-se um Estado de referência em gestão, alcançando o primeiro lugar entre as demais unidades federativas em transparência, investimento per capita e potencial de crescimento. É o segundo estado em liberdade econômica para empreender e em licenciamento ambiental, além de posicionar-se em terceiro lugar no indicativo de crescimento consolidado.

Presentes ao encontro do Sebrae, que segue até esta terça-feira, o secretário e Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, e seu adjunto, Ricardo Senna. Participam 18 municípios de Mato Grosso do Sul e 26 municípios de Mato Grosso. Na abertura, na manhã esta segunda-feira, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina Corrêa da Costa Dias, fez uma saudação aos participantes em transmissão online.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Porã - MS
Atualizado às 11h20 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 28°

19° Sensação
19 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Sexta (22/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias