Quarta, 20 de Outubro de 2021
Mato Grosso do Sul (67) 99257-6730
Dólar comercial R$ 5,57 -0.315%
Euro R$ 6,48 -0.209%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.282%
Bitcoin R$ 387.247,72 +2.711%
Bovespa 111.224,64 pontos +0.5%
Economia ECONOMIA

Com edição de Decreto, Estado dá início às adequações impostas pela nova Lei de Licitações

Conforme estabelece a nova lei, estados e municípios devem promover regulamentações para se adequar a legislação

29/09/2021 09h27
125
Por: Redacao
A secretária Ana Nardes ressalta que, com as adequações legais já publicadas e em curso, Mato Grosso do Sul consolida as políticas estaduais de transparência
A secretária Ana Nardes ressalta que, com as adequações legais já publicadas e em curso, Mato Grosso do Sul consolida as políticas estaduais de transparência

O governador Reinaldo Azambuja assinou Decreto que estabelece critérios para adequar Administração Pública Estadual à nova Lei de Licitações, de n° 14.133, que está em vigor desde o início abril, após a sanção do presidente Jair Bolsonaro. Conforme estabelece a nova lei, estados e municípios devem promover regulamentações para se adequar a legislação, entre elas, as que estabelecem mudanças quanto aos agentes de contratação, leilão e bens de luxo.

A primeira das adequações foi editada via Decreto publicado nesta quarta-feira (29) no Diário Oficial do Estado (DOE), e define critérios para o enquadramento dos bens de consumo nas categorias “comum” e “luxo”. Segundo o Governo do Estado, com a nova lei a União colocou como obrigatoriedade a edição do Decreto, assim como o seu cumprimento, que tinha 180 dias como prazo estabelecido para regulamentação.

Segundo a normativa veiculada hoje, a administração estadual deve adquirir bens de consumo que sejam da categoria “comum”, sendo vedada a compra dos itens da categoria de “luxo”. Não serão enquadrados como bens de luxo os itens que tenham características superiores justificadas, excepcionalmente, em face da “estrita atividade” do órgão ou da entidade.

Grupo de Trabalho

Para promover as adequações necessárias à nova Lei das Licitações, o Governo do Estado criou um Grupo de Trabalho Interinstitucional, que tem a participação da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Controladoria-Geral do Estado (CGE) e a Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), que tem como presidente, o Procurador-Geral adjunto do Estado, Ivanildo Silva da Costa.

Gestora responsável pela pasta que tem como competência as Compras Governamentais, a secretária Ana Nardes ressalta que, com as adequações legais já publicadas e em curso, Mato Grosso do Sul consolida as políticas estaduais de transparência, confirmando seu status precursor na área, para assegurar eficácia e agilidade nos processos de contratações públicas.

“São adequações que confirmam a importância das ações com foco na transparência, a exemplo das duas Notas 10 alcançadas pelo Estado no Índice Escala Brasil Transparente da Controladoria-Geral da União (CGU), somadas às iniciativas precursoras como o Plano de Compras, em que o Estado se antecipou à nova Lei de Licitações”, afirmou.

Segundo a titular da SAD, além de estudos para produção das demais normas a serem editadas e que tratam especificamente sobre leilões e os agentes de contratação, o Grupo de Trabalho também atua em favor das demais adequações que a Nova Lei de Licitações prevê.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Porã - MS
Atualizado às 10h39 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 28°

19° Sensação
19 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Sexta (22/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias