Quinta, 16 de Setembro de 2021
Mato Grosso do Sul (67) 99257-6730
Cidades LEGISLATIVO

Situação das aldeias de Dourados preocupa vereador Olavo Sul

Vereador disse que é preocupante a situação educacional, de saúde, segurança pública e de assistência socialsocial

13/09/2021 09h44
146
Por: Redacao
Vereador Olavo Sul requereu informações sobre medidas de auxílio às comunidades indígenas - Foto: Valdenir Rodrigues/CMD
Vereador Olavo Sul requereu informações sobre medidas de auxílio às comunidades indígenas - Foto: Valdenir Rodrigues/CMD

Sempre presente nas comunidades douradenses, sejam nos bairros, zona rural ou nas aldeias indígenas, o vereador Olavo Sul (MDB) tem buscado, por meio do mandato na Câmara Municipal, levar ações que possibilitem melhorar a qualidade de vida da população.

Recentemente, o vereador endereçou requerimento à administração municipal, ao Governo do Estado e à Funai, solicitando informações em relação à adoção de medidas para melhorar a situação educacional, de saúde, segurança pública e de assistência social das aldeias indígenas de Dourados.

Da secretaria municipal de Governo, Olavo Sul recebeu como resposta, assinada pelo secretário de Governo Henrique Sartori, que existe um trabalho em conjunto com as secretarias municipais de Educação e de Assistência Social e Guarda Municipal que busca melhorar a situação educacional da Rede Municipal de ensino, incluindo as aldeias, por meio da oferta de formação continuada para os professores e aprofundamento no estudo do currículo indígena.

Informa também o secretário que a Semed destina recursos (R$ 296,9 mil) para a manutenção das escolas indígenas, e que está sendo implementado um programa de reforço escolar, visando o auxílio dos nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, “que será iniciado juntamente com o retorno das aulas presenciais, após a aplicação de avaliação diagnóstica”.

Com relação à segurança, informou que a Guarda Municipal faz rondas escolares e tem participado de ações pontuais dentro das aldeias.

Por fim, diz que a Assistência Social, durante a pandemia o Cras Indígena permaneceu aberto e ainda oferecendo a possibilidade de visita domiciliar, com eventual entrega de cestas de alimentos. Além disso, diz, a Semas mantém comunicação direta com os governos estadual e federal, buscando mais recursos financeiros para a promoção dos direitos sociais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Porã - MS
Atualizado às 15h17 - Fonte: Climatempo
29°
Nuvens esparsas

Mín. 17° Máx. 30°

31° Sensação
4 km/h Vento
55% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (17/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Sábado (18/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias