Domingo, 09 de Maio de 2021
Mato Grosso do Sul (67) 99257-6730
Dólar comercial R$ 5,23 -0.93%
Euro R$ 6,36 -0.08%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.94%
Bitcoin R$ 316.773,13 -0.62%
Bovespa 122.038,11 pontos +1.77%
Economia RURAL

Produção de milho deve ser 15% menor na safra 2020/2021 em MS

Excesso e falta de chuvas atrasaram plantio, prejudicaram o desenvolvimento e devem impactar na produtividade

25/04/2021 08h41
129
Por: Redacao Fonte: Correio do Estado
Produção de milho deve ser 15% menor na safra 2020/2021 em MS

Após enfrentar intempéries climáticas, a produção da segunda safra de grãos deve encolher na safra 2020/2021 em Mato Grosso do Sul. 

Conforme estimativa do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga MS), com a finalização da semeadura, a projeção é colher 9,013 milhões de toneladas de milho. 

Queda de 15% em relação ao ciclo anterior, quando a safrinha atingiu 10,618 milhões de toneladas.  

De acordo com os dados divulgados no boletim Casa Rural, elaborado pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), apesar da queda da produtividade a área plantada apresenta crescimento de 5,7% em relação ao ano anterior. 

Na safrinha 2019/2020, a área semeada foi de 1,895 milhão de hectares, a estimativa para a safra atual é de 2,003 milhões de hectares.  

Enquanto a produtividade estimada é de 75 sacas por hectare, ante as 93 sacas por hectare colhidas no ciclo passado. 

O boletim técnico aponta que “os produtores estão apreensivos com o desenvolvimento da cultura por conta da escassez de chuva na região e no impacto que poderá causar no rendimento de grãos”.

Ainda conforme o relatório, a preocupação e projeção de produtividade menor se deu por conta do atraso de três semanas no plantio. “Quanto ao plantio do milho, 56% da área foi semeada na janela ideal de plantio. Por outro lado, os 44% restantes da área têm maior risco de enfrentar condições adversas, como estiagem e geada durante seu desenvolvimento”, informa.

CLIMA

Segundo o prognóstico do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de irregularidade nas chuvas entre abril e junho. 

Em maio haverá maior concentração de chuvas na região sul do Estado, o acumulado máximo para o mês é de 160 mm. Já em junho, as condições de precipitação pioram e o acumulado máximo para o mês será de 100 mm.

“A precipitação indicada é menor que a demanda hídrica exigida pela cultura no desenvolvimento do seu ciclo”, informa o boletim técnico da Famasul. Conforme divulgado pelo Correio do Estado, o gerente técnico do Sistema Famasul, José Pádua, explicou que o clima é determinante para o desenvolvimento das lavouras.  

“O clima sempre foi e será um condicionante importante na produção agrícola. O plantio do milho segunda safra atrasou e a janela ideal de plantio não foi alcançada, alguns produtores optaram por outras opções na segunda safra, como o sorgo ou o pasto”, informou.  

SOJA

O clima também influenciou tanto no plantio quanto na colheita da primeira safra. A colheita da soja também registrou atraso de três semanas. 

A safra 2020/2021 foi marcada por estiagem no início da semeadura – setembro e outubro – e excesso de chuvas no período de desenvolvimento (janeiro). 

“Essa safra está bastante apreensiva para nós produtores. O mês de janeiro foi marcado por precipitações muito acima da média com algumas regiões registrando 500 milímetros de chuva ao longo do mês”, disse o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de MS (Aprosoja-MS), André Dobashi.

Assim como o plantio do milho, a colheita da soja foi concluída no dia 16 de abril. Conforme o boletim técnico, a área plantada de soja foi de 3,529 milhões de hectares, aumento de 4,13% quando comparada com a área da safra 2019/2020, que foi 3,389 milhões de hectares.  

A produtividade segue estimada em 53 sacas por hectare, gerando a projeção de uma produção de 11,222 milhões de toneladas – queda de 0,9% ante as 11,328 milhões de toneladas colhidas no ciclo passado. 

Segundo a Aprosoja, os resultados consolidados da produção da oleaginosa serão apresentados na próxima semana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Porã - MS
Atualizado às 09h37 - Fonte: Climatempo
17°
Alguma nebulosidade

Mín. 15° Máx. 27°

17° Sensação
22 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Terça (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias