Sexta, 23 de Abril de 2021
Mato Grosso do Sul (67) 99257-6730
Dólar comercial R$ 5,46 -1.73%
Euro R$ 6,55 -1.89%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.85%
Bitcoin R$ 288.478,43 -3.565%
Bovespa 119.371,48 pontos -0.58%
Economia ECONOMIA

Desemprego de brasileiros sobe para 11,6%

Ao todo, são 12,3 milhões de desempregados no Brasil, diz IBGE

31/03/2020 11h12
599
Por: Redacao Fonte: Agência Brasil
Ao todo, são 12,3 milhões de desempregados no Brasil, diz IBGE
Ao todo, são 12,3 milhões de desempregados no Brasil, diz IBGE

A taxa de desocupação interrompeu a sequência de dois trimestres seguidos de queda significativa e subiu para 11,6% no trimestre encerrado em fevereiro. Ao todo, são 12,3 milhões de desempregados no Brasil. Os dados estão na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada nesta terça-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa no trimestre terminado em novembro foi de 11,2%.

Segundo a analista da pesquisa, Adriana Beringuy, o aumento registrado no desemprego é reflexo da variação sazonal do mercado de trabalho, considerada normal para esta época do ano.

“É normal que no início do ano ocorra essa interrupção, porque já vínhamos numa trajetória de taxas declinantes no fim do ano. Não tínhamos visto essa reversão em janeiro, no entanto, ela veio agora no mês de fevereiro, provocada por uma queda na quantidade de pessoas ocupadas e um aumento na procura por trabalho.”

Ela explica que, ao contrário do que costuma ocorrer no início do ano, quando são demitidos os funcionários contratados temporariamente para o Natal, o comércio não foi o setor responsável pelo aumento na desocupação. A alta foi puxada pelos setores de construção (-4,4%), que não sustentou a recuperação apresentada no fim do ano, serviços domésticos (-2,4%), relacionado ao período de férias das famílias e a dispensa das diaristas, e administração pública (-2,3%).

“A administração pública tem uma sazonalidade, pois ela dispensa pessoas no fim e no início do ano em função de términos nos contratos temporários das prefeituras, nas áreas de educação e saúde, retomando as contratações a partir de março, após a aprovação dos orçamentos municipais”, afirma Adriana.

Na comparação anual, a desocupação apresentou queda em relação ao trimestre encerrado em fevereiro de 2019, quando a taxa ficou em 12,4%. Adriana explica que houve aumento de 1,8 milhão de pessoas ocupadas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Porã - MS
Atualizado às 08h16 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 28°

21° Sensação
24.9 km/h Vento
49.2% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (24/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva
Domingo (25/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias